Início » Projetos » Projetos locais » AMOR NÃO TEM IDADE

AMOR NÃO TEM IDADE

João Silva, voluntário da SOPRO, apresentou uma proposta ao Orçamento Participativo de Barcelos (OPB Ref. 94/21) onde pretende ver adquiridos os recursos necessários para alargar o âmbito de atuação e conseguir combater a solidão dos idosos do nosso concelho, através do projeto Amor não tem idadeEste projeto conta com o apoio da SOPRO. Para que consigamos continuar a melhor neste projeto precisamos do apoio de todos os Barcelenses!

 

COMO VOTAR?
Entre 15 de abril a 5 de maio: VOTE AQUI.


CONDIÇÕES

Podem votar cidadãos com idade igual ou superior a 16 anos que residam, trabalhem ou estudem no concelho de Barcelos. No caso, de não ser eleitor em Barcelos, só terá a sua inscrição validada após ter comprovado, consoante o caso, que:

  • reside no concelho de Barcelos, anexando uma declaração de honra para o efeito;
  • trabalha no concelho, anexando uma declaração de contrato, um recibo de vencimento ou outro documento válido da entidade empregadora;
  • estuda no concelho, anexando um comprovativo de matrícula no presente ano letivo ou outro documento válido do estabelecimento de ensino.

 

Conheça o projeto em: Evento FacebookFacebook  | Instagram.

 

Amor Não Tem Idade procura combater a solidão e o isolamento social da população mais envelhecida de Barcelos, através de práticas participativas e intergeracionais, tendo sempre em vista a estimulação motora e cognitiva desta, de forma a enriquecer o seu dia-a-dia e contribuir para um Envelhecimento Ativo.

 

O projeto chega dessa forma à população mais envelhecida de Barcelos, através de diversas atividades e um voluntariado contínuo e comprometido dos jovens barcelenses, apoiando as poucas respostas existentes na luta contra a solidão. Com o projeto também é possível sinalizar e dar resposta aos casos que necessitam de uma intervenção social mais urgente, contínua e específica que de outra forma permaneceriam invisíveis.

 

O projeto contribui para a criação de uma “comunidade habitável” em Barcelos, conceito este que liga o design físico, a estrutura social e as necessidades de todas as gerações que compartilham um local comum. É por isso que a conceção deste projeto estimula um envelhecimento verdadeiramente participativo na vida das comunidades, afigurando-se assim importante para maximizar a funcionalidade de muitas pessoas idosas que, de outra forma, se tornariam passivas ou mesmo dependentes.

 

  • Trabalhar relações intergeracionais entre os idosos e os jovens, enriquecendo assim o dia a dia de ambos os grupos, através da criação de laços afetivos;
  • Diagnosticar, prevenir e retardar o declínio motor, cognitivo e funcional dos idosos através de práticas estimulativas, contribuindo assim para um envelhecimento mais ativo dos mesmos;
  • Reconhecimento do valor da população idosa, sensibilizando a comunidade local para a problemática do envelhecimento e tornando-a mais inclusiva para com a população idosa;
  • Sinalizar as pessoas idosas que tenham necessidades sociais que ainda não foram identificadas, fazendo estas chegar às respostas sociais mais indicadas e competentes;
  • Criação de parcerias entre os atores e entidades locais de forma a trabalhar a problemática do isolamento e solidão, assim como outras problemáticas relacionadas com o envelhecimento.

1. Aquisição de uma Carrinha
É necessária a aquisição de uma carrinha para realizar o transporte dos voluntários que não têm outra forma de se deslocar às casas dos idosos que acompanham. A carrinha também será necessária para realizar transportes pontuais de idosos para determinados serviços, que muitas vezes, pela sua localização periférica, não conseguem ter acesso. Vemos a aquisição da carrinha como uma parte fundamental do funcionamento do projeto, devido ao isolamento físico em que vivem muitos dos idosos pertencentes ao concelho de Barcelos.

 

2. Produção do livro “Contos de Barcelos”
Serão recolhidas histórias antigas de alguns idosos do concelho de Barcelos e posteriormente produzido um pequeno livro com as histórias existentes. Este livro além de preservar as histórias mais antigas poderá ser usado no ensino básico e infantários fazendo chegar aos mais novos, as vivências dos mais velhos

 

3. Produção do “Manual de Atividades e Estimulação”
O projeto pretende elaborar um Manual de Atividades e Estimulação, de maneira que tanto os voluntários como qualquer individuo que necessite, possa consultar uma base de exercícios, proporcionando assim uma estimulação melhor e mais orientada aos idosos. Este manual pretende ter vários exercícios pertencentes a diversas áreas disciplinar como a enfermagem, educação, psicologia, desporto, etc.

 

4. Aquisição de Material Técnico para os Rastreios de Saúde e para a concretização do Plano de Estimulação
O projeto necessita também da aquisição de uma série de material Técnico tanto para a realização dos rastreios de saúde como para a concretização dos planos de estimulação por parte dos voluntários. Esse material engloba material de farmácia, algum tipo de materiais para exercícios e jogos e também outro tipo de material, como, por exemplo, eletrónico, para respostas específicas de estimulação.